quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Vilão da Semana-Tomás de Torquemada


Tomás de Torquemada

Tomás de Torquemada (Valladolid, 1420 Ávila, 16 de setembro de 1498) foi o inquisidor-geral dos reinos de Castela e Aragão no século XV por nomeação do papa Sixto IV em 1483 e confessor da rainhaIsabel a Católica.

Ainda jovem, tornou-se frade dominicano no Convento de São Paulo em sua cidade natal. Em 1452 foi eleito prior do Convento de Santa Cruz, em Segóvia.

Era sobrinho do cardeal Juan de Torquemada, igualmente dominicano.

Mais do que quaisquer outros, dois homens que chegaram ao auge do poder no fim do século XV - o Inquisidor Geral Tomás de Torquemada e o tirano de Florença Girolamo Savonarola - simbolizam a face intolerante da história da Igreja Católica. Com eles, as fogueiras estiveram sempre acesas, para desespero de judeus, mouros e hereges.


4 comentários:

Dom Fernando disse...

bem interessante a matéria,não sou católico,nem crente nem nada,apenas acredito em Deus,mais tem q lembrar tbm das " fogueiras" evangélicas que aconteceram na europa .

André disse...

esse foi o catolico fodao...e tem gente que gosta e respeita/ nao entendo por que o medo da verdade assusta tanto as pessoas.

Shaka Kama-Hari disse...

É impressionante como a ICAR idolatra essas pessoas... Que o diga "São" Luís Montfort que matou todos os cátaros por não concordarem com o papa... Santo mesmo só Francisco de Assis e outros poucos...

Marcelo F. Carvalho disse...

Como disse Millor: "bem cedo eu percebi que já era tarde demais..."