sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Libertas Quae Sera Tamem


Enquanto os Homens Morrerem, a Liberdade não Perecerá
Queremos todos ajudar-nos uns aos outros. Os seres humanos são assim. Queremos viver a felicidade dos outros e não a sua infelicidade. Não queremos odiar nem desprezar ninguém. Neste mundo há lugar para toda a gente. E a boa terra é rica e pode prover às necessidades de todos.
O caminho da vida pode ser livre e belo, mas desviámo-nos do caminho. A cupidez envenenou a alma humana, ergueu no mundo barreiras de ódio, fez-nos marchar a passo de ganso para a desgraça e a carnificina. Descobrimos a velocidade, mas prendemo-nos demasiado a ela. A máquina que produz a abundância empobreceu-nos. A nossa ciência tornou-nos cínicos; a nossa inteligência, cruéis e impiedosos. Pensamos de mais e sentimos de menos. Precisamos mais de humanidade que de máquinas. Se temos necessidade de inteligência, temos ainda mais necessidade de bondade e doçura. Sem estas qualidades, a vida será violenta e tudo estará perdido.
O avião e a rádio aproximaram-nos. A própria natureza destes inventos é um apelo à fraternidade universal, à união de todos. Neste momento, a minha voz alcança milhões de pessoas através do mundo, milhões de homens sem esperança, de mulheres, de crianças, vítimas dum sistema que leva os homens a torturar e a prender pessoas inocentes. Àqueles que podem ouvir-me, digo: Não desesperem. A desgraça que nos oprime não provém senão da cupidez, do azedume dos homens que têm receio de ver a humanidade progredir. O ódio dos homens há-de passar, e os ditadores morrem, e o poder que tiraram ao povo, o povo retomá-lo-à. Enquanto os homens morrerem, a liberdade não perecerá.

Charles Chaplin, in 'Discurso final de «O Grande Ditador»'

10 comentários:

Sr. Bruno S/A disse...

Grande CC. Concordo quase que em totalidade. Diria ao CC: é preciso olhar mais de longe, digo, o importante é ser feliz, se é que vocês entedem o que quero dizer. E o amigo do blog, o que achas?

Fiquem à vontade:

www.filosofosdeteclado.blogspot.com

KathY CatherYne disse...

Seria bom se hj as pessoas realmente quisessem ajudar umas às outras.,., Mas o dinheiro virou prioridade, a mentalidde vigente nos engoliu por inteiro e nos tornou egoístas, individualistas, e hipócritas.,., E o pior q sem o dinheiro podemos morrer.,.,

KthY?

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

"Precisamos mais de humanidade que de máquinas". Esse trecho do texto do Chaplim, diz tudo. E olha que ele não escreveu isso nos dias de hoje.
Chaplim é o Cara!!!

danilo disse...

concordo com seu pos gostei muito do texto

... disse...

cara esse post foi demais, me relembrou ontem minha tarde, assisti dois filme desse geneio do cinema XD

http://opoestadeplutao.blogspot.com/

KathY CatherYne disse...

Haha, vai ver q a menina é fã do nosso Presidente Zé sem Dedo!
Rsrsrsrs.,.,

KthY?

disse...

É um belo final para um grande filme!

Abços

soublogueiro disse...

gosto dos pensamentos do Charles Chaplin!
Acho ele demais!

... disse...

Afim de fazer parceria?

gostei muito do seu blog.. irei linkar ele no meu. xD

Pensadora disse...

Adorei seu blog!

Os textos são excelentes e, por mais antigos que sejam, podemos ver como continuam atuais.

Parabéns e obrigada pela visita lá no Superdosagem.

Há braços! kkk