sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Tá todo mundo louco oba!!!


Os Loucos
Há vários tipos de louco.

O hitleriano, que barafusta.
O solícito, que dirige o trânsito.
O maníaco fala-só.

O idiota que se baba,
explicado pelo psiquiatra gago.
O legatário de outros,
o que nos governa.

O depressivo que salva
o mundo. Aqueles que o destroem.

E há sempre um
(o mais intratável) que não desiste
e escreve versos.

Não gosto destes loucos.
(Torturados pela escuridão, pela morte?)
Gosto desta velha senhora
que ri, manso, pela rua, de felicidade.

António Osório, in 'A Ignorância da Morte'

4 comentários:

Dedeah C. disse...

"Mas louco é quem me diz...Que não é feliz!" Lembrei logo dessa música!

A melhor loucura é aquela que debocha das regras e do impossível ;)

O Santo Forte disse...

Louco e louco todo mundo é e tem um pouco...

Marcelo F. Carvalho disse...

"Que é loucura: ser cavaleiro andante ou segui-lo como escudeiro?
De nós dois, quem o louco verdadeiro?

O que, acordado, sonha doidamente?

O que, mesmo vendado,
vê o real e segue o sonho
de um doido pelas bruxas embruxado?

Eis-me, talvez, o único maluco,
e me sabendo tal, sem grão de siso,
sou — que doideira — um louco de juízo."

Drummond

Carlos. Branco. disse...

ausuahsuhashauhs

lembrei da mesma musica.

" Eu sou Feliz."

e qual louco é você?

http://opoestadeplutao.blogspot.com/

O Poeta de Plutão.